segunda-feira, 28 de setembro de 2009

E o que fazer quando o nó na garganta não quer se soltar?
O que resta são apenas lembranças, lembranças que não querem desaparecer.
Já tentei de tudo pra conseguir esquecer isso, tentar seguir, te deixar pra lá, mas eu sempre faço tudo errado.
Ainda sinto o seu gosto, como a ultima gota de veneno percorrendo meu interior, e que eu sei que em poucos segundos vai acabar me matando.
E eu fico aqui tentando preencher esse vazio que você deixou, tentando encontrar o que de mim você levou.
As lembranças estão aqui sempre, dizendo que não, você não foi embora.
Queria poder acreditar que isso é verdade, queria poder crer que ainda te tenho aqui.
Porque você não volta? :/


m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário