sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Ás vezes me pergunto:
Porque sempre tem que dar errado pra mim? Porque não pode ser diferente?
E todo esse sofrimento parece que nunca vai ter fim, é sempre tão igual pra mim.
Talvez isso seja um castigo, porque já fiz muita gente sofrer também.
Porém, já fiz muitas pessoas felizes, e foram exatamente essas pessoas que mais me decepcionaram.
Ainda não sei quanto tempo vai levar até que essas marcas sumam do meu coração, nem mesmo sei se algum dia poderão sumir completamente sem se quer deixar alguma cicatriz.
Mas de uma coisa eu sei, nenhuma dessas marcas foram em vão, e a inspiração amarga que elas me dão é o que me leva a escrever, e é somente no sofrimento que eu realmente consigo me encontrar e ser eu mesma.

m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário