quinta-feira, 22 de outubro de 2009

É preciso inventar a felicidade nesse mundo frio e hipócrita, onde as pessoas inventam coisas de você o tempo todo.
As pessoas me julgam sem nem ao menos saber o que eu sou. Me julgam pelo meu cabelo, minhas roupas, meus amigos, meu estilo.
É muito difícil viver em meio a tantos julgamentos, em meio a tanto preconceito e tanta falta de amor.
Isso me corrói lentamente por dentro, penso em desistir, e fugir parece ser a coisa mais cômoda.
Porém, sei que para qualquer lugar que eu vá, sempre vão existir coisas tentando me fazer desistir, tentando dizer que eu devo desistir do que eu sou.
Só que por mais difícil que seja continuar, eu vou sempre tentar. E nada vai mudar a minha essência, nada vai mudar o meu modo de ser, agir e pensar.
E pra cada coisa que tentar me fazer desistir, vai ter sempre um pedaço de mim inventando a MINHA felicidade.


m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário