quinta-feira, 17 de junho de 2010

I hate much all that.


Depois de tudo o que eu já passei em minha vida, prometi a mim mesma que nunca mais a minha dor seria maior do que o meu orgulho.
Por mais que me doa a sua ausência, não eu não vou correr atrás.

Você sempre faz as coisas pelo modo mais difícil.
Quando você voltar, talvez eu já não esteja mais aqui pra te acudir, cuidar dos seus erros fúteis, fazer você sorrir. Você sempre foge quando pode. Você sempre volta atrás, quando não dá mais para aguentar. Sempre com as mesmas desculpas.
Que você não prestava eu já sabia, só não sabia que era tão falso assim.
No final as pessoas sempre se mostram meramente iguais as outras. Fique com as suas mentiras, fique com as suas desculpas que não enganam a ninguém. E eu errei em deixar tudo tão fácil para ti.

m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário