sábado, 25 de dezembro de 2010

Merry xmas to you, baby.


Acho que as coisas costumavam ser melhores nos natais passados, ou talvez mais fáceis.
Eu só queria poder passar o meu natal ao seu lado sempre, eu não sei quando você começou a me fazer falta, eu sei que dói, eu sei que eu preciso de você aqui.
O natal costumava ser o meu feriado preferido, mas agora programas em família me cansam completamente.
E desde que você surgiu eu só penso em como te ter perto de mim, de alguma forma.
Bem que a noite de natal poderia ser realmente mágica, bem que podia ser verdade que papai noel existe, e me dar você de presente.

Feliz natal, aonde quer que você esteja.

m.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Sixteen years.


Acho que quando você passa dos 15, realmente percebe que já não é tão nova assim, realmente percebe que deixou sua infância para trás faz um certo tempo.
Ontem me disseram "depois dos 16 você vai ver como sua vida vai passar rápido." Falta um dia para isso acontecer, será mesmo verdade?
Antigamente eu não ligaria se minha vida passasse rápido, até porque eu desejava isso, quando se é criança é tudo tão mais simples... Tudo o que eu queria era ser mais velha, rápido.
Agora já estou mais velha, e daqui pra frente é preciso ter coragem para continuar essa viagem pelo tempo. Muita coragem.

m.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Romance is real?


Que no final das contas os romances não sejam feitos apenas de "eu te amo" nos fins de tarde. Que os romances não sejam só palavras, meras palavras... Que seja bem mais do que beijos suaves no pôr-do-sol. Quando for dito"para sempre", que realmente seja.
Que ninguém tente descrevê-lo, pois o verdadeiro romance é impossível de ser descrevido.
Enfim, que apenas se ame.
A vida real é bem diferente disso, pelo menos para mim. Nunca tive a oportunidade de viver um romance de verdade. Os romances que vivi foram basicamente feitos de bons momentos, mas logo se tornaram decepções, e que hoje são apenas lembranças.
Faltou amor em todos os meus romances, e quando se falta amor, falta tudo.
Talvez na vida real os corações sejam partidos, e só.


m.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

My little collection of bad things.


Não espero que as palavras que eu digo ou escrevo, mudem alguma coisa.
Eu só preciso escrever, e colocar isso pra fora de algum jeito, preciso deixar minhas dúvidas e sentimentos arquivados de algum modo já que a minha cabeça não anda muito boa ultimamente.
Eu preciso aprender com essas palavras. Já aprendi muito, mas ainda tenho muito o que aprender.
Mas mesmo com toda essa aprendizagem que tenho pela frente, eu nunca quero perder o meu descontentamento com tudo, porque é isso que me faz querer mudar. Isso que me faz querer cada dia mais, acreditar que tudo vai dar certo.

No momento, coleciono decepções, coleciono despedidas, coleciono lágrimas. Mas em breve, tudo isso mudará.

m.