domingo, 30 de janeiro de 2011

O sonho que eu fiz pra ti.


Vontade de sair correndo desse lugar, de atravessar paredes e como em um passe de mágica te encontrar.
E você dormindo não veria eu me aproximar, e então eu iria cochichar em seu ouvido todas as palavras que tenho dentro de mim. Você apenas sorriria, pensando ser somente um sonho. Sim, pode ser um sonho, o nosso sonho, que agora se tornou apenas meu.

Então se o sonho é só meu, eu posso te fazer nele do jeito que eu quiser.
Complicado, chato, indeciso, cheio de ideias que poderiam mudar o mundo, com um sorriso capaz de iluminar qualquer lugar. Um pouco distraído, detalhista, cheio de manias esquisitas e que eu amo todas.
É assim que eu te vejo nos meus sonhos, é assim que coincidentemente você é.


m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário