domingo, 16 de janeiro de 2011

Why? Because...


Minhas previsões diziam que isso aconteceria mais cedo ou mais tarde, e então me deixei guiar como um sonâmbulo, que não se importa em tropeçar ou cair. Simplesmente vai.
E durante essas poucas horas de loucura, eu já não me preocupava com nada, apenas fui eu mesma. Sem medo de cometer erros ou magoar alguém, e no fundo eu sabia que esse tal alguém a ser magoado, mais tarde poderia ser eu mesma.
Se o "mais tarde" chegar, e o alguém for mesmo eu, talvez eu realmente não me importe, porque eu me senti bem, eu senti uma alegria diferente de tudo.

O que antes me cegava, agora me faz realmente ver. Ver que mesmo errada eu posso ser feliz.

A verdade é que nada faz sentido, principalmente nesse texto. Está confuso demais e não me agrada nem um pouco.
No entanto, estou confusa também, e acho que essas palavras demonstram bem o que eu sinto.


m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário