sábado, 26 de fevereiro de 2011

O erro que dá certo para mim.


Eu sempre soube muito bem o que é certo e o que é errado. Só que isso não significa que eu não faça o que eu julgo ser errado, ou até mesmo ás vezes troco o certo pelo duvidoso.
Talvez isso que eu queira, no fundo seja a coisa menos certa a se fazer e eu tenho consciência absoluta que isso tem o poder de acabar com a minha vida.
Talvez eu tenha cansado de só querer o que é certo, estou cansada das mesmas coisas, mesmas pessoas, mesmos problemas...
Sabe o que eu quero?
Eu quero viver cada defeito seu, eu quero me arriscar em cada revolta sua, eu quero discordar de tudo o que você disser. Eu quero cada erro que a gente cometer, quantas vezes forem necessárias, até que a gente aprenda que mesmo tão diferentes no fundo somos iguais.
Estou com medo, admito. Mas nunca estive tão certa em toda a minha vida daquilo que eu realmente quero.

m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário