terça-feira, 19 de abril de 2011

Changes need happen.


Pouco tempo se passou, muitas coisas mudaram. Algumas mudanças mais perceptíveis, outras nem tanto.
Vou tomar por exemplo uma mudança pela qual passei recentemente, eu diria até que foi uma mudança radical. Eu mudei a cor do meu cabelo, sempre tive cabelos castanhos e agora estou ruiva.
Sim, isso causou um choque em todas as pessoas, principalmente em mim, todas as vezes que me olho no espelho, ainda me estranho. Mas eu gostei.
E é este o papel de uma mudança, causar impacto.
Assim como mudei a cor do meu cabelo, pretendo também mudar outras coisas na minha vida, o que é algo mais difícil, até porque não existe um salão de beleza que descolora um amor, corte uma amizade ou alise uma dor.
Isso é uma coisa interna, e não é uma mudança rápida. Sem contar que é uma mudança ainda mais difícil de se adaptar.
Para notar tal mudança, não existe um espelho interno que reflita isso pra você, mas mesmo assim você vê e se estranha, e se pergunta se era mesmo isso que queria. E isso acontece porque a gente tem o mal costume de se acostumar com tudo, até com o que não nos faz bem.
Aos poucos vou mudando isso também, vou tirando esse mal costume de se acostumar.

Toda mudança é importante, por mais pequena que for, mas desde que ela seja pra melhor. A mudança é a prova de que você cresceu, de que deixou coisas para traz, que tem novos caminhos a percorrer, novas escolhas a fazer e novas pessoas a conhecer. E com certeza ainda virão muitas outras mudanças.

E assim tudo mudou em mim, mudou para o que eu era antes, um eu que desde Janeiro era meio que desconhecido. Tudo voltou a ser como era antes, antes de você me aparecer.

m.

2 comentários: