terça-feira, 31 de maio de 2011

May.


Em todos os dias de maio eu me senti feliz como a muito tempo eu não me sentia, faz frio e quem me conhece sabe que é meu clima preferido. E eu encontrei alguém.
Mas não foi um encontro qualquer.
De longe pude ver algo que brilhava mais que o sol naqueles dias de verão, eram teus olhos, mas eu podia olhar sem que tal luz me deixasse cega e essa luz parece-me vital, é o que guiou todos os meus dias desse mês.
Maio se foi, e que venha Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro... E que eu continue a ter a luz dos teus olhos pra continuar a me guiar por essa estrada. Não sinto que seja tão perigosa, mas é grande o suficiente para que eu possa me perder.
Ainda abalada com algumas lembranças, ainda confusa com a mistura de presente e passado, ainda com medo desse novo sentimento que habita em mim.
Ainda com o cérebro desocupado que continua a criar coisas que se quer existem, enquanto o coração não sabe o que fazer. E quanto a você, eu te tenho ao meu lado, segurando minha mão, sem pronunciar palavra alguma e assim fazendo meus medos desaparecerem, por enquanto.

You and I we're gonna live forever.

m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário