domingo, 26 de junho de 2011

Where Is My Mind?


E hoje começou o inverno, aliás começou quarta-feira, mas o verdadeiro inverno com direito a uma quase temperatura negativa, começou hoje. Acordei ás 11:45, o céu estava nublado, o sol não estava presente para haver alguma coloração, final de manhã cinza. Estava lindo.
Em dias assim você começa a pensar mais em tudo que está a sua volta, em como as coisas acontecem, porque acontecem e quando foi que mudaram.

Pensei em como você aconteceu na minha vida, em como a tua paz dominou a minha revolta.
Em como tudo se misturou na mais pura sinestesia, em como você é um engraçado oposto de mim.


Nuvens escuras se formaram, nós estamos voando por essas nuvens. Sorria, pois acima delas há apenas um céu azul. E abaixo? Eu, você e tudo o que quisermos viver.

m.

domingo, 12 de junho de 2011

This is for a lovers.


Dia dos namorados é um dia que eu nunca gostei muito, confesso. Quando você não tem alguém para passar esse dia, é como se não fizesse sentido algum.
E você se sente atingida por todos esses corações que são arremessados de todas as direções, e cada propaganda com casais felizes parece tão irreal, parece algo fora de seu alcance.
Mas ai você encontra alguém, e tudo começa a fazer sentido, os corações das propagandas se tornam apenas corações, e não punhais como antes.
E então você começa a viver momentos não iguais os da propagandas com casais tão felizes, mas são momentos que mesmo assim são lindos, são lindos porque são reais, não são falsos como os da televisão.
Eu passei muito tempo odiando o dia dos namorados por não ter alguém. Eu passei muito tempo errando.
Porque na verdade você fica sempre esperando por alguém como o dessas propagandas e esquece que se aventurar no real é muito melhor.

Então viva as briguinhas bobas, viva os fins de tarde com beijos suaves, viva a felicidade que a realidade nos causa.

m.