sábado, 1 de setembro de 2012

Incinerate

E eu que de início não quis ver a vida sendo transformada, tanto não quis me apegar. Pelo menos não naquele momento. Eu que era feita de tantos amores e paixões. E veja só ao que eu me resumi, resumi minha vida e a tua em uma só. Fiz de meus inúmeros amores e paixões todos, sem exceção, por você.
Parei o tempo incontáveis vezes, só para que tudo durasse mais. Fiz as tardes mais quentes do que eram, fiz o frio mais gelado. E aqui dentro tudo tão quente. Escrevi tanta coisa... Ou foi você quem entrou no meu âmago e escreveu por mim? Distorceu tanto as minhas linhas, mais do que já eram distorcidas. Bagunçou tudo.


Você é a distorção em forma de pessoa.


m.

Um comentário: