segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Cada linha escrita é dor. Dor convertida em palavras soltas que eu costuro tudo em um só texto. Nada mais que uma colcha de retalhos formada por palavras e dor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário