quarta-feira, 20 de março de 2013

Welcome again, autumn.

Eu que fui feita apenas para as aparências bonitas, deixei transparecer meu lado mais obscuro, o que estava guardadinho em um quartinho escondido, que era pra ninguém ver. E eu te feri com isso, eu destruí tudo de bonito que você havia construído sobre mim e para mim. Mas ao ferir-te eu feri a mim mesma e está doendo como nunca doeu. Porém, prefiro que doa em mim do que doa em você. Eu queria pegar tudo de ruim que causei e guardar de novo naquele quartinho escondido e apagar as coisas ruins da sua memória. Queria conviver com essas coisas ruins guardadas dentro de mim, para não ferir mais ninguém.

Se eu pudesse eu destruía o mundo e o construía de novo somente com coisas que você gosta. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário