sábado, 20 de julho de 2013

Intrínseco.

Abri a janela só pra ver o sol iluminar você
Silenciei teu bom dia com um beijo
Um riso azul e sincero ao fundo dos teus olhos
Junto com um mistério escuro e instigante 
Fecho os olhos e viajo em um universo de sensações
Desvendo teus mistérios em sonho ou pesadelo 
Não digo nada. 
No fundo o que meus olhos dizem
É que todo dia e desde o primeiro dia
Temos a mais perfeita sintonia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário