terça-feira, 10 de setembro de 2013

Abro o Facebook pela manhã e só vejo notícia de morte
Me pergunto se "quem morre é quem vai ou quem fica?"
Enquanto há lembrança, há vida, certamente
Quem morreu vive dentro de quem lembra com carinho
E certamente morrer é uma sorte
Viver no lugar mais quentinho do mundo
No fundo do âmago do amado, pra sempre.

Hoje de manhã quem morreu foi eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário