sexta-feira, 1 de novembro de 2013

De felicidade meus dias são feitos
E feliz eu vou vivendo sempre,
a todo momento
Até topar o dedinho naquela quina
Esquecida
Empoeirada
Envelhecida
Das minhas mais profundas memórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário