segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Quantas linhas mais
Terei que escrever
Até você perceber
Que o que sinto por ti
Não cabe aqui.

Papel amassado
Texto não terminado
Noite não dormida
Vento fresco lá fora
 E você
Cada vez mais aqui dentro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário