segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Quem liga se tudo soa como instrumento desafinado
Guarda-roupas lotado e todo bagunçado
O apartamento não limpo há dias
Memória cheia e garrafa vazia
Um tropeço ou dois
Só fecho a porta
Giro a chave

Fui embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário